Vinho Latitud 33 Chardonnay

Vinho Latitude 33 Chardonnay

Vinho Latitud 33 Chardonnay. Intenso, destacando-se a fruta fresca tropical, (abacaxi e banana) suave e cítrica e tostado, devido ao seu envelhecimento em madeira. Expressa toda a frescura e delicadeza da fruta madura Chardonnay e das zonas frias de Mendoza.
ideal para acompanhar peixes, carnes brancas e pastas ou patês. 

Os melhores vinhos do hemisfério sul têm sua origem em uma faixa de muito baixa latitude, entre as latitudes 32° e 38°, pontos-chave na Argentina, Chile, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia. Nessa latitude são dadas as condições ideais para o cultivo de uvas, alcançando a máxima expressão de aromas e sabores. Nesta pequena tira os mais ilustres vinhos do Novo Mundo são produzidos e é precisamente na latitude 33°, na província de Mendoza, onde os vinhedos que dão origem a este vinho fresco e estilo jovem. Lá, em um único lugar mágico ao pé do ponto da Cordilheira dos Andes, estão dadas as condições excepcionais de solo, clima e água pura.

"Latitude 33°, no sopé da Cordilheira dos Andes, é uma das melhores áreas para a produção de vinhos de alta qualidade".
Caracteriza-se por ser mais frio, com uma grande faixa de temperatura entre as temperaturas máximas e mínimas, com uma média diária de 14°C, favorecendo a formação de taninos e boa cor nas variedades vermelhas e uma acidez equilibrada. O sol abundante ilumina a terra nesta latitude  de maneira tão intensa e especial que faz com que as uvas naturalmente recebam a quantidade exata de luz e calor que precisam para a maturação perfeita na qual ele expressa toda a sua personagem. Em geral, a área é protegida dos ventos.

www.santaemilia.net.br
Vinho Latitud 33 Chardonnay


Mendoza é um deserto, onde a irrigação é essencial, e para isso você tem a água mais pura do derretimento dos Andes. As chuvas, com uma média anual de 200 mm, que caem principalmente na primavera e verão (outubro a abril). Esses registros de baixa precipitação não cobrem as necessidades das culturas, que devem ser utilizados para irrigação plena, pois a irrigação precisa ter a quantidade certa de água, dependendo de suas necessidades, para que possa atingir o seu perfeito desenvolvimento. A irrigação é feita através de canais ou valas abertas e sulcos entre as fileiras de videiras, ou por equipamento de irrigação pressurizada moderna, como a irrigação por gotejamento, que fornece água gota a gota para a tensão.

O terroir tem solos aluviais formados por arrastamento de material do intervalo. Eles são pobres e inférteis, arenoso da área, muito boa permeabilidade, que são excelentes para produzir o necessário para o crescimento de uvas para vinho de qualidade, como a latitude 33°.
Latitude 33° desenvolve uma colheita manual dentro da maturidade ideal das uvas, procurando frutas frescas, expressão varietal e acidez equilibrada.
Para uvas brancas espera as horas mais frescas do dia, para preservar e cuidar da parte aromática. Em seguida, vem o processo de vinificação, utilizando leveduras selecionadas.

O processo de maceração vermelha estende-se de 7 a 8 horas a uma temperatura de fermentação de 26° a 28°. Latitude 33° tem um envelhecimento parcial (50% do vinho) de madeira de carvalho francês e americano durante 3 meses e após o envelhecimento em garrafa durante 2 meses.

www.santaemilia.net.br
Vinho Latitud 33 Chardonnay

O solo também deve ser guiado e os técnicos da adega, combinando sua paixão pelo vinho e os conhecimentos adquiridos ao longo da sua experiência, conseguem traduzir a excelente qualidade das uvas em um terroir particular, fazendo o Latitude 33° um vinho excepcional.

Latitude 33° é comercializado com a característica que mostra sempre o paladar argentino, elaborado sob a filosofia de trabalho: qualidade, inovação, criatividade e busca da excelência.
O Latitude 33° têm um estilo fresco e jovem, grande equilíbrio na boca, corpo largo e boa persistência aromática. Algo só alcançada por uma colheita não muito tarde e um bom equilíbrio de acidez que é conseguido principalmente na área de origem.

Latitude 33° tem um extenso portfólio que lhe permite descobrir e desfrutar diariamente as diferentes qualidades de cada variedade. É um vinho único, pois é concebido em um só lugar.

Dicas para beber vinho branco
Em uma refeição os vinhos brancos devem ser servidos com aperitivos, sopas e peixes
Para o servir os vinhos brancos: primeiro os secos, depois os brancos
O lugar onde armazena seus vinhos brancos deve ter entre 5 e 10 graus
No caso doa vinhos brancos o ideal é servir menor quantidade para manter sua temperatura ideal, que deve ser muito fresca. Por isso é preciso servir com mais freqüência.

Para saber mais: aqui

0 comentários: