Vinho Vistalba Corte A Malbec Bonarda Cabernet Sauvignon

www.santaemilia.net.br
Vinho Vistalba Corte A
Vermelho granada intensa com reflexos azulados. Complexo onde estão as notas de fruta preta, aromas secos e picantes. Alto Volume, doce e taninos sedosos com bom acabamento e persistente.

A adega Vistalba foi construída entre 2001 e 2004 em uma fazenda da família no coração de Vistalba (Luján de Cuyo). Este é o lugar onde Carlos Pulenta desenvolveu o seu plano pessoal de vinhos que envolvem membros da família, consultores, produtores de vinho e um grupo humano de valioso saber de sua terra.

www.santaemilia.net.br
Bodega Vistalba


A adega é inspirada na cultura crioula apelando a tecnologia de ponta e manter tributo ao método tradicional de vinificação. Foi concebido para todo o processo de produção é feito por ação da gravidade sem utilizar bombas.

Os primeiros vinhos foram produzidos em 2003, e entrou para o mercado em 2005. Atualmente, os vinhos estão presentes em mais de 20 países.

Foi em 2009 que a indústria começou a sua participação na Bodega Vistalba, quando Alejandro Bulgheroni, começou a  trabalhar com Carlos, ambos ligados através de vários projetos em agro-industria desde 1999,  em um objetivo comum: 
"para desenvolver vinhos de alta qualidade reconhecidos mundialmente, com marcada identidade e personalidade. 
www.santaemilia.net.br
Vinho Vistalba

Vistalba vinhos de corte é identificado com cortes A, B e C, típica do terroir e obtido a partir do melhor de cada safra com grande capacidade de armazenamento. Elas são feitas com Malbec, Bonarda e Cabernet Sauvignon das vinhas situadas em Vistalba, Luján de Cuyo. As condições climáticas de cada ano e os trabalhos realizados em cada um dos lotes de estruturas agrícolas definem as uvas que serão dirigidas a cada um dos cortes. Após a fermentação em recipientes de cimento, são definidos cada um dos cortes e, em seguida, inicia-se o envelhecimento em barris de carvalho francês durante o tempo necessário de acordo com a concentração de cada vinho.

Dicas para beber vinho tinto
O lugar no qual você armazena seus vinhos deve ter temperatura entre 15 e 18 graus.
É bom deixar o vinho tinto respirar um pouco antes de servir. Em caso de vinhos mais velhos é preferível deixá-los respirar por ao menos uma hora antes de beber.
O vinho tinto não deve ser aquecido nem resfriado com procedimentos artificiais.
Para a temperatura do vinho tinto ficar ideal, deixar algumas horas antes de servi-lo exposto à temperatura ambiente, desde que não superior a 20ºC. Esta operação é conhecida pelo termo internacional "Chamber"
Para servir vinhos tintos, nunca encher mais que a metade da taça.
Para o serviço de vinhos tintos em uma refeição deve-se levar em conta seu caráter, primeiro os mais suaves depois os mais estruturados.

Para saber mais: aqui

0 comentários: