Vinho Trapiche Terroir Series Malbec Ambrosia

www.santaemilia.net.br
Vinho Trapiche Terroir Series Malbec Ambrosia 

Vermelho escuro com tons violeta. Aromas intensos de frutas vermelhas com notas smoky, hortelã, especiarias, tomilho, grafite e alcaçuz. Na boca, tem uma alta concentração de fruta, caráter mineral e taninos bem marcados. Final longo.
Ideal para acompanhar carnes e jogo carnes vermelhas cozidas em disco, queijos duros e carnes defumadas.

História

A Bodegas Trapiche foi fundada em 1883. Sua história remonta a um pequeno vinhedo chamado El Trapiche, na cidade de Godoy Cruz, onde a produção de vinhos finos começou.

Com mais de 130 anos de experiência, Trapiche é reconhecida como uma marca pioneira em áreas como: a introdução de videiras francesas, a produção de vinhos de casta, importação de barris de carvalho da França e utilização de tanques de aço inoxidável.

www.santaemilia.net.br


Fiel à sua história, continua hoje todos os dias em busca de novas e melhores práticas.

A equipa de enologia responde ao Diretor de Vinicultura, Daniel Pi. Suas práticas visam melhorar continuamente, trocando experiências e conhecimentos com os produtores de vinho de outros países, produtores de vinho  da França, EUA, Austrália, Nova Zelândia.

Trapiche tem um amplo portfólio de produtos high-end feitos com excelentes matérias-primas e as mais recentes técnicas. Isto permite-lhe manter o primeiro lugar entre as vinícolas mais premiadas nacional e internacionalmente.

Trapiche foi uma das primeiras vinícolas argentinas a competir globalmente. Em 1889 recebeu em Paris o primeiro reconhecimento internacional. Em 1920, duas de suas marcas, Broquel Fond de Cave começou a cativar o público mais exigente do mundo. Durante os anos 70  intensificou muito a atividade de exportação e o crescimento se mantém constante até hoje.

Está localizado na cidade de Maipu, rodeada por uma paisagem natural. O edifício foi construído em 1912 com um estilo florentino e é reconhecido como um ícone da arquitetura da vinificação em Mendoza .

Combinando tradição e tecnologia avançada, esta adega foi concebida para a produção de vinhos premium.

As vinhas plantadas na entrada para a adega trabalham sob a prática da biodinâmica. É a mais extrema prática ecológica e agricultura biológica. Defender os naturais, proibir produtos químicos, herbicidas e fungicidas, procura o equilíbrio do ecossistema, biodiversidade e recuperação da atividade bacteriana no solo.

www.santaemilia.net.br

Dentre as práticas de agricultura orgânica, a biodinâmica se destaca como a mais pura. Destina-se a preservar o natural, sem o uso de produtos químicos, herbicidas e fungicidas, calculando os ciclos da lua de colheita. A biodinâmica também visa manter o equilíbrio do ecossistema, biodiversidade e recuperação da atividade bacteriana no solo.

A adega é cercada por morros de olivais e vinhas que respondem a estas práticas. O vegetal e animal é usado a partir da sua própria fazenda localizada na parte traseira do armazém de fertilizantes .

Trapiche posicionou-se, assim, como os vinhos mais finos exportados da Argentina.

Dicas para beber vinho tinto
O lugar no qual você armazena seus vinhos deve ter temperatura entre 15 e 18 graus.
É bom deixar o vinho tinto respirar um pouco antes de servir. Em caso de vinhos mais velhos é preferível deixá-los respirar por ao menos uma hora antes de beber.
O vinho tinto não deve ser aquecido nem resfriado com procedimentos artificiais.
Para a temperatura do vinho tinto ficar ideal, deixar algumas horas antes de servi-lo exposto à temperatura ambiente, desde que não superior a 20ºC. Esta operação é conhecida pelo termo internacional "Chamber"
Para servir vinhos tintos, nunca encher mais que a metade da taça.
Para o serviço de vinhos tintos em uma refeição deve-se levar em conta seu caráter, primeiro os mais suaves depois os mais estruturados.

Para saber mais: aqui

0 comentários: