Vinho Zuccardi Tempranillo

www.santaemilia.net.br
Vinho Zuccardi Tempranillo 

Rubi intensa vermelho. No nariz pode ser encontrado frutos maduros como figos, cerejas, ameixas, sabores integrados picantes, típico do envelhecimento em barril. Entrada em boca amigável, com taninos firmes, acidez equilibrada, bem denso e final longo.

Desde o início estiveram focados em quatro objetivos: elaborar vinhos da mais alta qualidade, manter uma constante capacidade de inovação, trabalhar em total harmonia com o meio ambiente e serem úteis à comunidade da qual fazem parte. 

www.santaemilia.net.br
Vinho Zuccardi Tempranillo 


Uma empresa familiar, fundada em 1963 pelo Eng. Alberto Zuccardi. Naqueles tempos, ele começou a plantar vinhedos em Maipú (provincia de Mendoza), experimentando um sistema de irrigação idealizado por ele com base em um método empregado na Califórnia. Quarenta e cinco anos depois de iniciado este caminho, são três as gerações reunidas em torno à paixão pelo vinho. Em setembro de 2007 a prestigiosa revista DECANTER reconheceu Jose Alberto e Sebastián Zuccardi, como duas das 5 personalidades mais influentes do Vinho Argentino.

O equipamento da vinícola permite otimizar todos os recursos necessários para a elaboração do vinho de acordo a política de qualidade. Desde o primeiro passo até o último, a tecnologia está presente.
Cultiva-se mais de 800 hectares de vinhedos nas localidades mendocinas de Vista Flores, Altamira, La Consulta, Maipú e Santa Rosa.

Atualmente, 35% dos mesmos estão certificados como orgânicos e no restante se utilizam sistemas de cultivo sustentáveis. Os vinhos caracterizam-se pelo nível de qualidade e estilo moderno. 

Zuccardi é a única Vinícola de seu porte na Argentina que possui uma área experimental na qual se desenvolvem 35 novas variedades de vinhos. Este trabalho de inovação permanente tem permitido introduzir, com singular êxito, vinhos elaborados a partir de variedades de uvas não tradicionais na Argentina. Assim, a Família Zuccardi é altamente reconhecida como pioneira na elaboração de varietais como Tempranillo, Bonarda, Viognier, Caladoc, Marselán e Ancellotta. Também se desenvolveu o primeiro tardio da Argentina, o Santa Julia Tardio, e o primeiro Malamado - vinho fortificado a base da uva Malbec.
Em 1999, com a apresentação de Zuccardi Q Tempranillo tornaram-se a primeira vinícola argentina a elaborar um vinho Premium a partir de uma variedade não tradicional na Argentina. Atualmente, os enólogos da vinícola se encontram estudando o potencial de qualidade de variedades absolutamente desconhecidas para o consumidor argentino, tais como Agliánico, Arinarnoa, Ekigaina, Malvasia Nera, Negro Amaro e Nero D'ávola, entre outras.

www.santaemilia.net.br
Vinho Zuccardi Tempranillo 


Buscando ser uma empresa reconhecida por apoiar todas suas decisões, processos de produção e comercialização, em uma base respeitosa do solo, ar, água, flora, fauna e comunidade na qual se desenvolve, a Família Zuccardi está focada em uma agricultura sustentável, coexistindo com o meio ambiente sem agredi-lo. Mantem-se uma política de reciclagem integral de resíduos e são fontes alternativas de energia aos sistemas de produção.
Atualmente contam com as seguintes certificações: 
- Implementação e certificação da Norma ISO 9.001 : 2000
- Implementação e certificação da Norma ISO 14.001 : 2004
- Implementação e certificação da Norma ISO 22.000 : 2005
- 35% dos vinhedos certificados como orgânicos segundo as normas da Argentina, EUA, Canadá, Europa e Japão.

Dicas para beber vinho tinto
O lugar no qual você armazena seus vinhos deve ter temperatura entre 15 e 18 graus.
É bom deixar o vinho tinto respirar um pouco antes de servir. Em caso de vinhos mais velhos é preferível deixá-los respirar por ao menos uma hora antes de beber.
O vinho tinto não deve ser aquecido nem resfriado com procedimentos artificiais.
Para a temperatura do vinho tinto ficar ideal, deixar algumas horas antes de servi-lo exposto à temperatura ambiente, desde que não superior a 20ºC. Esta operação é conhecida pelo termo internacional "Chamber"
Para servir vinhos tintos, nunca encher mais que a metade da taça.
Para o serviço de vinhos tintos em uma refeição deve-se levar em conta seu caráter, primeiro os mais suaves depois os mais estruturados.

Para saber mais: aqui

0 comentários: