Vinho Fond de Cave Malbec e Cabernet Sauvignon

www.santaemilia.net.br
Vinho Trapiche Fond de Cave Malbec

De cor vermelho rubi intenso com tons roxos. Aroma de frutas jammy preto e licorosos, com um toque elegante de fumaça, baunilha e chocolate. Sabor seco, final longo e boca aveludada.

A bodega Trapiche está localizada na cidade de Maipu, rodeada por uma paisagem natural. O edifício foi construído em 1912 com um estilo florentino e é reconhecido como um ícone da arquitetura da vinificação em Mendoza.  Combinando tradição e tecnologia avançada, esta adega foi concebida para a produção de vinhos premium. O edifício do início do século XX, foi restaurado e reciclado na sua totalidade para receber os visitantes de todo o mundo. os vinhos homenageiam as pessoas que fizeram e fazem o desenvolvimento da indústria vinícola da Argentina possível.

As vinhas plantadas na entrada para a adega estão trabalhando sob a prática da biodinâmica. É prática ecológica mais extrema de agricultura e biológica. Defende os naturais, proíbe produtos químicos, herbicidas e fungicidas, procura o equilíbrio do ecossistema, biodiversidade e recuperação da atividade bacteriana no solo. 

A adega é cercada por morros de olivais e vinhas que respondem a estas práticas. O vegetal e o animal, a partir da sua própria fazenda localizada na parte traseira do armazém de fertilizantes é usado.

www.santaemilia.net.br
Vinho Trapiche Found de Cave Cabernet Sauvignon
A Bodega Trapiche foi fundada em 1883. Sua história remonta a um pequeno vinhedo chamado El Trapiche, na cidade de Godoy Cruz, onde a produção de vinhos finos começou. Com mais de 130 anos de experiência, Trapiche é reconhecida como uma marca pioneira em áreas como: a introdução de videiras francesas, a produção de vinhos de casta, importação de barris de carvalho da França e da utilização de tanques de aço inoxidável. Fiel à sua história, continua hoje todos os dias em busca de novas e melhores práticas.

A equipe de enologia responde ao Diretor de Vinicultura, Daniel Pi. Suas práticas melhoram continuamente, trocando experiências e conhecimentos com os produtores de vinho de outros países, produtores de vinho (França, EUA, Austrália, Nova Zelândia).

A produção tem um amplo portfólio de produtos high-end, feitas com excelentes matérias-primas e as mais recentes técnicas. Isto permite-lhe manter o primeiro lugar entre as vinícolas mais premiadas nacional e internacionalmente.

Trapiche foi uma das primeiras vinícolas argentinas a competir globalmente. Em 1889 recebeu em Paris o primeiro reconhecimento internacional. Em 1920, duas de suas marcas, Broquel Fond de Cave começou a cativar os públicos mais exigentes do mundo. Durante os anos 70 a atividade de exportação se intensificou e o crescimento se mantém constante até hoje.

www.santaemilia.net.br
Vinho Trapiche Fond de Cave  Cabernet Sauvignon
De cor vermelho profundo com manchas enegrecidas. Vinho perfumado com bom equilíbrio entre profundidade e poder. Aromas de cassis e framboesa doce. Toque elegante de  pimentão assado com sabor esfumaçado e chocolate. Complexo doce final e muito longo.

Dicas para beber vinho tinto
O lugar no qual você armazena seus vinhos deve ter temperatura entre 15 e 18 graus.
É bom deixar o vinho tinto respirar um pouco antes de servir. Em caso de vinhos mais velhos é preferível deixá-los respirar por ao menos uma hora antes de beber.
O vinho tinto não deve ser aquecido nem resfriado com procedimentos artificiais.
Para a temperatura do vinho tinto ficar ideal, deixar algumas horas antes de servi-lo exposto à temperatura ambiente, desde que não superior a 20ºC. Esta operação é conhecida pelo termo internacional "Chamber"
Para servir vinhos tintos, nunca encher mais que a metade da taça.
Para o serviço de vinhos tintos em uma refeição deve-se levar em conta seu caráter, primeiro os mais suaves depois os mais estruturados.

Para saber mais: aqui

0 comentários: