Vinho Felino Cabernet Sauvignon

www.santaemilia.net.br
Vinho Felino Cabernet Sauvignon

Destacamos neste Cabernet Sauvignon um requintado equilíbrio, caráter especiado e frutado, bem como grande frescor. A cor vermelho rubi intenso nos prepara para um vinho complexo e interessante. No nariz, o frescor das frutas vermelhas e das notas herbáceas, tais como grama recém-cortada, complementam-se com deliciosas notas especiadas de pimenta branca, cravo e canela; encontramos também madeira de cedro e tabaco, que o tornam sofisticado e atraente. Na boca, possui muito boa acidez e frescor, taninos doces e grande intensidade. Um vinho muito bem integrado e persistente no final.

A vinícola Viña Cobos foi construída com vista para o Vulcão Tupungato. Sua arquitetura é a manifestação de um pensamento prático e racional, onde prevalecem as formas simples, as proporções equilibradas e os espaços claros e bem arejados, absolutamente focados em facilitar os processos de elaboração.

A amplitude e a claridade dos espaços são dadas não só pelas dimensões, mas também pelo bom aproveitamento da luz natural, principalmente na sala de fermentação, onde o capricho e o cuidado dos detalhes é uma constante. O sistema utilizado é o gravitacional, isto é, emprega-se a lei da gravidade para evitar o uso de bombas, e para garantir um tratamento delicado a cada momento.

Dentro da construção da vinícola encontra-se uma pequena vinícola, antiga e tradicional, a qual valoriza e complementa a capacidade atual. Grande parte da estrutura original foi mantida, porém o estilo arquitetônico foi reinterpretado para lhe conferir a identidade das outras construções da Viña Cobos, com linhas puras e espaços generosos, privilegiando a paisagem. Também houve aproveitamento integral das piscinas de concreto, para somar novos elementos à elaboração do vinho.

Atualmente a capacidade da vinícola é de 1,3 milhões de litros nos tanques, e de 400 mil litros na sala de barris de carvalho.

A Viña Cobos prioriza o respeito e a superação constante em cada uma das tarefas cotidianas. Nosso compromisso de cada dia é assumido com responsabilidade e atitude profissional em tudo o que fazemos.

www.santaemilia.net.br
Vinho Felino Cabernet Sauvignon


Andrea Marchiori -uma das proprietárias da Vinha Cobos- lidera a equipe de Vinhedos, acompanhada por Guillermo García Zamora, com engenheiros agrônomos Facundo Impagliazzo e Juan Ignacio Naman, e trabalha em conjunto com Daniel Cataldo, Miguel Muñoz e Fernando Martínez, operários do campo, e com Julio Pérez, o Encarregado da Propriedade.

Luis Barraud lidera a Elaboração como primeiro enólogo, junto a seus parceiros Paul Hobbs e Andrea Marchiori. Noelia Torres, também enóloga, lidera uma equipe formada por Andrés Vignoni, Assistente de Enologia, e Cristian Araya, Cristian Borra, Matías Castillo, Diana Fornasero e Matías Moyano nas tarefas operativas. Laura Herrera é Chefe de Laboratório, e Cecilia Butacabula sua assistente. Andrés Abraham é o Encarregado do Depósito, e Ángeles Pérez, sua assistente.

A área Comercial, tanto para a Argentina quanto para os mercados internacionais, é responsabilidade de Francisco Cortés Lepis, e Carina Moyano está para o mercado nacionais é planejamento de negocios; Laura Bernabé está encarregada da Logística.

Claudia Piedrahita lidera a área de Marketing, enquanto Leila Salomón colabora com o design gráfico.

Na Administração está Guillermo Estruch, contador e auditor, com Gisel Ramirez Gisel como assistente de contabilidade. José Gimenez é responsável pelo setor de Finanças, Eduardo Barraud pela área de Compras e Roxana Cortez é a Tesoureira. Finalmente, Juan Pablo Hidalgo é o Office Manager e coordena o setor de RH com a assessoria de uma equipe externa.

A área de Visitas é coordenada por Pablo Bustos. Marisa Ortiz, Cinthia Machuca e Victoria Bravo formam parte da equipe permanente para a recepção dos visitantes.

Na Portaria trabalham Carlos Brizuela e Jesús Brizuela, pai e filho, Cristian Mamani na Manutenção, e Raquel Tapia é responsável pela limpeza.

Finalmente, Ariel Nuñez Porolli exerce o cargo de Gerente Geral da vinícola, e Luis Barraud é o Presidente.

Dicas para beber vinho tinto
O lugar no qual você armazena seus vinhos deve ter temperatura entre 15 e 18 graus.
É bom deixar o vinho tinto respirar um pouco antes de servir. Em caso de vinhos mais velhos é preferível deixá-los respirar por ao menos uma hora antes de beber.
O vinho tinto não deve ser aquecido nem resfriado com procedimentos artificiais.
Para a temperatura do vinho tinto ficar ideal, deixar algumas horas antes de servi-lo exposto à temperatura ambiente, desde que não superior a 20ºC. Esta operação é conhecida pelo termo internacional "Chamber"
Para servir vinhos tintos, nunca encher mais que a metade da taça.
Para o serviço de vinhos tintos em uma refeição deve-se levar em conta seu caráter, primeiro os mais suaves depois os mais estruturados.

Para saber mais: aqui

0 comentários: