Vinhos da Bodega da Família Schroeder

Vinho Família Schroeder 
Família Schroeder 
A excelência como segredo. Bodega Família Schroeder é o fruto do incansável esforço de uma família pioneira que tornou o sonho realidade. O espírito empreendedor pode dominar o árido solo da paisagem da Patagônia e fazer flores num oásis onde se cultivam uvas de alta qualidade. Nas encostas do platô, a bodega conta com características arquitetônicas que permitem aproveitar a gravidade na elaboração dos vinhos. A excelência é o segredo que seduz os paladares mais exigentes e permite desenvolver os vinho que o mundo espera da Patagônia.
Família Schroeder localiza-se no Valle de San Patricio del Chañar, Patagônia Argentina, a 39º de latitude sul e a 53 km da cidade de Neuquén, nova zona vitivinícola do país e do mundo. Lugar onde se dão incomparáveis condições que fazem desse lugar uma região especial para o cultivo de uma ampla variedade de uvas com o perfil patagônico. Um lugar para o mundo.
Solo pedregoso com abundante água de desgelo, ampla diferença de temperatura entre dias quentes e noites frescas, ventos frequentes e pouca umidade criam o clima ideal para o desenvolvimento das uvas. Céu infinitamente celeste e noites estreladas zelam os 140 hectares plantados com variedades malbec, pinot noir, cabernet sauvignon, cabernet franc, chardonnay, sauvignon blanc e torrontés. A família Schroeder, de origem européia e raízes profundamente patagônica é conhecida por seu marcante perfil empreendedor. Perseverança, vocação por fazer a excelência são as características que definem essa família de visionários pioneiros. Desde o início do século XX, começaram a criar nessas terras um sonho de grandeza. O espírito empreendedor permitiu desenvolver diferentes empresas, como a saúde e os meios de comunicação. Como corolário, na última década, dedicaram com muita paixão incansáveis esforços para converter essas terras áridas e inóspitas em um polo vitivinícola de vanguarda, ao nível dos principais do mundo.

Visite: www.santaemilia.net.br/

0 comentários: