Vinhos da Bodega Alamos

Vinho Alamos Pinot Noir
Produzido pela primeira vez em 1993. Alamos é a marca de vinho argentino de maior venda nos Estados Unidos, e é a marca número um em vendas em todo o mundo no segmento dos vinhos de até U$$ 10,00 para o público. Alamos Malbec é o vinho argentino número um em vandas nos Estados Unidos.
A família Catena foi a pioneira no malbec argentino em altas de vitivinícolas. Foram os primeiros a plantar chardonnay de alta qualidade provenientes de Dijon, isso em grandes altitudes (1.400 msnm) na província de Mendoza. Foram os precursores no uso de barricas pequenas de carvalho francês na província de Mendoza.
Os primeiros e únicos no desenvolvimento de seleção e clone do malbec de Mendoza. Pioneiros na plantação do malbec em alturas extremas (1.500 msnm) isso quando outras bodegas ainda não conseguiram obter êxito de boa maturação a alturas superiores a 1.200 metros.
Primeiros a incorporar a irrigação por gotejamento na província de Mendoza, pois, anteriormente, todos os vinhedos eram regados à mão. Pioneiros na exportação de vinhos premium de alta qualidade. Primeiros em receber avaliações com pontuações superiores a 90 para seus vinhos Premium, foram pontuados pelas revistas Wine Spectator e Wine Advocate.
As uvas utilizadas para a elaboração dos vinhos são colhidas a mão a fim de assegurar um manejo cuidadoso da matéria prima. Trabalha-se com um sistema de seleção manual dupla para garantir que o solo se utilize da melhor uva. Este árduo processo de seleção se aplica sobre tudo a aqueles vinhos que se encontram dentro ou por cima do seguimento dos vinho de U$$ 30,00.
Os vinhos recebem um tratamento especial em barris de carvalho a fim de aumentar a complexidade. O chardonnay permanece 5 meses em barris de carvalho francês, do qual, 20% são novos. Os malbec e cabernet permanecem 9 meses em barris 75% francês e 25% americano, dos quais 30% são novos. Trabalha-se apenas com toneis internacionais, lideres de mercado, como a Taransaud, François Freres, Seguin Moreau, Demptos, Vicard e Nadalie. A filosofia definida está em fabricar vinhos saborosos e fáceis de tomar, ressaltando os sabores, aromas e texturas características de cada variedade. A Bodega Alamos conta com instalações de alta tecnologia localizada em Vistaflores, Mendoza. Seus tanques cônicos, especialmente desenhados, permitem uma extração suave e um manejo cuidadoso do produto. Os tanques de formato pequeno permitem selecionar e separar os lotes apropriadamente.
Felipe Satahischimidt lidera a equipe enológica de Alamos e realizou seus estudos universitários em Mendoza e hoje desenvolve uma tese para seu mestrado na viticultura e enologia da Universidade Nacional de Cuyo. Felipe, gosta dos Andes, já escalou a Montanha Aconcágua 7 vezes. Quanto ao malbec, Felipe afirma que "a província de Mendoza e o malbec são a combinação perfeita. O clima da montanha permite ao malbec um caráter rico, exuberante e de grande personalidade.

A Cordilheira dos Andes representa um dos "cordões" montanhosos mais altos do mundo.
As grandes montanhas bloqueias as tormentas do Oceano Pacífico dando lugar ao clima árido e característico da província argentina.
Vinho alamos Malbec

A altitude em que se localizam os vinhedos fazem com que as noites sejam mais frias, refletindo na uva uma maior acidez e uma maturação harmônica em açúcares e polifenóis. 
A altitude implica maior exposição ao sol, realizando o engrossamento da casca, o corpo do vinho e ressaltando os aromas do malbec.
As uvas utilizadas na elaboração dos vinhos se obtêm de vinhedos localizados em grandes altitudes em zonas montanhosas a elevações de 1.000 a 1.500 metros sobre o nível do mar. 
Cinquenta por cento da produção provem de vinhedos jovens, pertencentes à família Catena e os outros 50% provem de fincas de outros produtores, cujos vinhedos são controlados pessoalmente por engenheiros agrônomos da Bodega Alamos.
As uvas utilizadas para a produção dos vinhos de Alamos provem das regiões mais faladas de Luján de Cuyo e do Valle de Uco. Luján de Cuyo se localiza a uma altura entre 1.000 e 1.500 metros sobre o nível do mar e oferece vinhos com paladar e corpo médios e excelente consistência. O Vale do Uco se localiza a uma altura de 1.200 a 1.500 metros. Suas temperaturas mais frias ressaltam vinhos de aromas frescos e intensos, enquanto que a maior exposição ao sol produz uma maior intensidade na estrutura e na concentração.

O malbec chegou a Mendoza em 1852 pelas mãos do viticultor francês Miguel Pouget e sua adaptação ao terreno de Mendoza foi única, permitindo desenvolver todo seu potencial como nunca antes na França. Logo se converteu em varietal de maior plantação, chegando a alcançar 50.000 mil hectares para o ano de 1968.
As trocas de tendência de consumo na Argentina levaram ao malbec perder um pouco de vantagem entre os viticultores, e para 1990 la superfície de plantação diminuiu para 10.000 hectares. 

Felizmente a família Catena está ajudando a fazer com que este varietal renasça, alcançando demonstrar seu grande potencial de qualidade. Hoje, uma vez mais volta a ser variedade tinta de maior plantação, com uma área total que supera os 55.000 hectares ao longo de toda a Argentina.

Vinho Alamos Cabernet Sauvignon

Vinho-Alamos-Sauvignon-Blanc
Vinho-Alamos-Sauvignon-Blanc


Para saber mais Cabernet Sauvignon: aqui
Para saber mais Malbec: Aqui
Para saber mais Pinot Noir: Aqui
Para saber mais Sauvignon Blanc: Aqui

0 comentários: